Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Cem famílias ocupam terreno do aeroporto de Marabá

Cerca de cem famílias sem-teto invadiram uma área localizada próximo à pista do aeroporto de Marabá, sudeste do Pará.
Esta é a terceira vez, nos últimos oito anos, que as famílias ocupam o local. A área foi dividida em 100 lotes que foram distribuídos para as famílias que afirmam não ter onde morar.
A primeira ocupação na área aconteceu em 2004. As famílias foram retiradas do local após decisão judicial que determinou a desocupação da área. Em 2011, uma nova ocupação foi realizada e novamente a área foi desocupada.
A superintendência do aeroporto informou que uma liminar de reintegração de posse já foi expedida e aguarda o cumprimento da decisão judicial.
Fonte: Folha do Bico

Manifestação ocorrida domingo em Serra Pelada deixou sete feridos

A polícia impediu ontem, domingo (25), que cerca de 1.500 garimpeiros invadissem a mina de ouro que está sendo construída pela canadense Colossus, na região de Serra Pelada. Havia uma preocupação, por parte da direção da companhia, de que as obras fossem interditadas ontem pelos manifestantes e que a ação levasse a atos de violência.
Segundo a diretora de comunicação da empresa, Rosana Entler, as obras só voltarão ao ritmo normal quando a polícia informar que o movimento dos garimpeiros estiver terminado. Hoje, segunda-feira, segundo ela, “para preservar a segurança dos nossos funcionários”, muitos dos 1.500 trabalhadores permanecerão em casa.
Rosana disse que pelo que ouviu da Polícia Militar que estava no local da mina, um grupo de garimpeiros se reuniu à tarde na Vila de Serra Pelada — no município de Curionópolis — e seguiu em direção à entrada do projeto. “Pelo que me disseram, tanto policiais quanto funcionários nossos, os garimpeiros não chegaram à portaria, ficaram a uns 100, 200 metros e depois se dispersaram e se espalharam pela vila”.

Uma parte dos 52 mil garimpeiros associados à Coomigasp – Cooperativa dos Garimpeiros de Serra Pelada – está insatisfeita com a forma de distribuição do ouro que será produzido em Serra Pelada. Pelo acordo inicial, a Colossus teria 51% e os garimpeiros 49%, sendo que os investimentos seriam divididos meio a meio. Em 2010, com a anuência de uma Assembleia Geral realizada pelo então presidente Gessé Simão e da qual participaram mais de 20 mil garimpeiros, determinou que a empresa canadense teria 75% do ouro produzido, todavia a Colossus seria a única investidora financeira.
Por volta das 16 horas de ontem alguns garimpeiros se exaltaram e tentaram invadir o Projeto. A Polícia Militar do Pará, que estava a postos para garantir a segurança, interveio e houve confronto.
Pelo Menos sete pessoas ficaram feridas. Algumas delas foram encaminhadas para hospitais de Marabá, Parauapebas e Curionópolis.
Entre os feridos a bala está o presidente do Conselho Fiscal da Coomigasp, Amarildo Gonçalves. Ele foi atendido no Hospital municipal de Parauapebas.
É preciso analisar essa situação de Serra Pelada com muita atenção. Garimpeiros volta e meia são usados por políticos e alguns diretores da Cooperativa com o único objetivo de obterem um  ganho político ou financeiro.
O contrato da empresa canadense, mesmo parecendo imoral, foi homologado pela grande maioria dos garimpeiros e deve ser respeitado, já que, há época, a cooperativa não tinha como colaborar financeiramente nos investimentos, orçados pela mineradora em R$600 milhões.
Os mesmos garimpeiros que agora tentam interditar o projeto deveriam, a bem dos mais de 50 mil associados, manifestarem-se para que a justiça julgue os inúmeros processos que tramitam na justiça do Pará na tentativa de investigar verdadeiros saques ao erário da cooperativa. Dinheiro este que deveria ser usado em benefício dos associados.
Em 2012 a justiça afastou parte da diretoria, dando início a uma verdadeira guerra pela direção da Coomigasp, o que poderia também ser chamado de “corrida ao ouro”, já que as decisões tomadas pela direção da Coomigasp nem sempre beneficiam quem deveria, os garimpeiros.
Por outro lado, alguns ex-diretores da Coomigasp, que buscam na justiça o retorno alegam que esses 1.500 manifestantes não passam de massa de manobra, não representando os mais de 50 mil garimpeiros cadastrados na Cooperativa.
Acredito que o mais certo seria uma intervenção do Ministério de Minas e Energia em Serra Pelada, nomeando uma equipe isenta para gerir os recursos repassados pela empresa canadense. Se isso não for feito teremos que conviver rotineiramente com manifestações iguais as de ontem. Por sorte não houve vítima fatal, mas até quando será assim?
Fotos: Antônio Cícero
Fonte: Zedudu

Nota da Colossus Mineração sobre a manifestação ocorrida neste domingo em Serra Pelada

A Colossus Mineração informa a sociedade que as forças policiais do Estado do Pará inibiram a tentativa de invasão ao projeto Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral, ocorrida em Curionópolis (PA) neste domingo por volta de 15h.
A maioria dos manifestantes é de não residentes na comunidade de Serra Pelada e afastou-se do local do protesto. Até as 18h deste domingo, informações locais indicavam que não há um ponto de concentração dos manifestantes. Não há registro de vítimas.
A tentativa de invasão, anunciada de forma pública antecipadamente e fortalecida em audiência no último dia 16 de agosto, teve apoio parlamentar dos deputados federais Arnaldo Jordy (PPS) e Wandenkolk Gonçalves (PMDB). A organização foi feita por grupos garimpeiros não reconhecidos pela Justiça do Pará como dirigentes da cooperativa sócia do projeto.
É impraticável haver diálogo sob coação. A Colossus considera este formato de mobilização violenta como irresponsável, que em absolutamente nada contribui para um futuro de paz duradoura em Serra Pelada.
O projeto SPCDM alcançou 85% das obras de implantação, um investimento de R$ 600 milhões que emprega 1.500 profissionais diretos e indiretos – sendo 65% residentes de Serra Pelada.   
Forças policiais permanecem no local para devolver segurança à vila de Serra Pelada.

EXPORTAÇÃO - 2013

BRASIL - De janeiro a julho deste ano, os cinco municípios brasileiros que mais exportaram foram: Parauapebas-PA (US$ 5,27 bilhões), São Paulo-SP (US$ 5,20 bilhões), Santos-SP (US$ 3,88 bilhões), Rio de Janeiro-RJ (US$ 3,41 bilhões) e Angra dos Reis-RJ (US$ 3,024 bilhões). 

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Simão Jatene se reúne com prefeitos da região de Carajás em Marabá

Em mais um encontro “Pará do Futuro”, o governador Simão Jatene, o vice-governador Helenilson Pontes e secretários de Estado se reuniram nesta segunda-feira (12) com sete prefeitos da região de integração de Carajás, dos municípios de Brejo Grande do Araguaia, Bom Jesus do Tocantins, Palestina do Pará, Marabá, São Domingos do Araguaia, São Geraldo do Araguaia e São João do Araguaia.
O diálogo com os prefeitos ocorreu no salão da igreja Assembleia de Deus, na Nova Marabá. A reunião fez parte do pacto “Trabalhando juntos pelo desenvolvimento do Pará”, que prevê o diálogo com todos os prefeitos eleitos e reeleitos das regiões de integração do Estado. Os encontros, que começaram em novembro de 2012, já contemplaram os municípios que integram as regiões Guamá, Tocantins, Caeté, Rio Capim e Marajó. Nas reuniões anteriores, foram anunciados investimentos, parcerias e estratégias para a solução de problemas que atingem os municípios.
O governador falou da importância de reunião, que discute com os prefeitos da região o desenvolvimento por meio de obras, serviços e parcerias. Jatene também anunciou que o governo espera uma operação de crédito pra anunciar o asfaltamento da rodovia PA-477, que atende os municípios de São Geraldo do Araguaia, Piçarra e Xinguara. Ele também falou sobre os investimentos que estão sendo feitos na região, como a construção de doze escolas e R$ 600 milhões aplicados em rodovias. Só em Marabá, mais de R$ 200 milhões vão para obras de tratamento de água e esgotamento sanitário.
O prefeito de Marabá, João Salame, agradeceu ao governo pela iluminação do trecho urbano da rodovia Transamazônica, a ampliação da unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Regional e a implantação do curso de medicina no município. O gestor falou das dificuldades para administrar o município e pediu apoio em obras que estão sendo executadas pela prefeitura nas áreas de saúde, educação e infraestrutura. Salame também solicitou apoio para a conclusão do estádio municipal e nas obras de drenagem e pavimentação asfáltica no município.
Os outros seis gestores municipais também pediram apoio em obras como a feira do produtor, o programa Asfalto na Cidade, patrulhas mecanizadas e saúde. O governador se mostrou confiante em poder contar com a parceria das prefeituras para as obras e pediu empenho aos secretários para atender às solicitações. Simão Jatene também reforçou a transformação do hospital municipal de Parauapebas em hospital regional, que vai ajudar a região em casos de alta e média complexidade.
O prefeito de São Domingos do Araguaia, Pedro Paraná, falou da importância da reunião e disse que é muito importante o governador se reunir com os prefeitos. “É importante o governador se reunir e ver nossas necessidades. Essa reunião deveria ocorrer todos os anos”, disse.
Participaram da reunião os prefeitos João Salame (Marabá), Marcos Baxim (Brejo Grande do Araguaia), Adeuvaldo Souza (Palestina do Araguaia), Pedro Paraná (São Domingos do Araguaia), Jorge Alencar (São Geraldo do Araguaia) e João Neto (São João do Araguaia). O secretario de finanças de Bom Jesus do Tocantins, João Rocha, representou o município.
Fonte: Agencia Pará de Noticias

Confirmado, Terremoto de 4.9 atingiu Redenção e região

O OBSIS – Observatório Sismológico da UNB – Universidade Nacional de Brasília confirmou no início da tarde desta segunda-feira (12), o abalo Sísmico ocorrido na manhã de domingo (11), por volta de meio dia em Redenção e região. Informações preliminares apontam para um evento de causas naturais que atingiu a magnitude de 4,9, considerado importante pela UNB, outros estudos ainda serão feitos para apontar as causas do terremoto.
A confirmação vai de encontro ao que foi informado pela UFPA, em Belém, que garantiu que não havia registro de abalos sísmicos na região. A falta de informação e a demora, dificultou o trabalho da imprensa que desde a hora do terremoto vem acompanhando os fatos para manter a população informada. Nenhum órgão oficial se pronunciou a respeito, o que aumentou a margem para especulações e boatos.
O terremoto deixou claro que o monitoramento ainda é precário, o sismógrafo mais próximo é o da Hidrelétrica de Tucuruí que envia os dados para análise em Brasília.
É preciso que o Governo Estadual e ou Municipal acompanhem os estudos para que sejam esclarecidas as causas. O fato é que a população de Redenção e região foi pega de surpresa por um terremoto dessa magnitude. (http://www.155news.com.br)
Moradores de Redenção, no sul do Pará, ainda estão assustados com o tremor de terra que segundo moradores atingiu algumas cidades circunvizinhas

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Terminal rodoviário de Marabá, sudeste do Pará, é alvo de fiscalização

As condições de segurança de veículos e passageiros no Pará foram alvo de um fiscalização conjunta da Diretoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), do Departamento de Trânsito do Pará (Detran) e da Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado (Arcon) no sudeste do estado. A vistoria foi realizada no terminal rodoviário de Marabá.
Em um dos ônibus que faz a linha para a zona rural do município, o extintor de incêndio estava danificado e com a data de validade vencida. Os bancos dos passageiros não tinham cinto de segurança. e o banheiro não apresentava condições de uso. "[O veículo] vai ser recolhido e vai ser notificado, tanto pelo Procon quanto pela Arcon e também pelo Departamento de Trânsito", afirmou o agente do Detran Emmet Alexandre.
O documento do veículo também estava vencido. Segundo o motorista, as condições dos ônibus que fazem viagens para o interior são bastante precárias. "Eu olho para a zona rural e geralmente todos os carros de lá [da zona rural] nenhum está rodando legal", afirma o motorista Luiz Gonzaga.
O objetivo da operação foi avaliar as condições físicas do veículo, e também se dispõe de estrutura suficiente para dar segurança aos passageiros. "Essa fiscalização é uma continuação de uma fiscalização que começou há cerca de 20 dias. A gente veio, fiscalizou todos os ônibus intermunicipais, fez advertência e agora estamos retornando para ver se as questões foram adequadas ao código de defesa do consumidor", explica o fiscal do Procon Jader dos Santos.
Fiscais da Arcon, órgão responsável pela fiscalização de transportes intermunicipais, também participaram da operação. "Se tiver um carro operando em desconformidade com as resoluções que regulam o transporte, esse veículo deverá ser apreendido", garante o agente João Silva.
Além da falta de estrutura adequada, motoristas de van denunciaram que transportam muitas crianças sem documentação, e que não existe controle nos terminais rodoviários. A aposentada Elza da Conceição viajava com a neta. Segundo ela, nunca pediram documentos na hora do embarque. "Agora que estão pedindo. Eu venho de Parauapebas, sempre viajo e nunca pediram [documentação]", conta.
O coordenador do terminal rodoviário confirma que não há fiscalização no embarque de crianças, e que esse serviço deveria ser feito por conselheiros tutelares. "Com certeza tem que ter uma fiscalização mais severa, porque esse trânsito de crianças saindo de uma cidade pra outra, aqui e acolá... As vezes tem sumiço de criança. Então tem que ter uma fiscalização, e a gente vai correr atrás com o Conselhor Tutelar para estar sempre acompanhando", afirmou o coordenador do terminal rodoviário Alberto Magno.
O Conselho Tutelar de Marabá informou que o número de conselheiros é insuficiente para fazer as fiscalizações diárias no terminal rodoviário. Nesses casos eles só agem quando há alguma denúncia de irregularidade.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Cultivo do cacau está em expansão no sudeste do Pará

Situada no sudeste do Pará, Tucumã, segundo dados do IBGE, tem aproximadamente 35.000 habitantes. A cidade que nas décadas de 80 e 90 teve como principal produção industrial a madeira, hoje sabe que da terra podem vir outras riquezas e o cacau é uma delas.
No ano passado o município de Tucumã escoou 3.700 toneladas de cacau. Esse ano a previsão é de que 4.100 toneladas sejam exportadas para outros estados. Presente na agricultura familiar da cidade, o cacau ajuda na renda de várias famílias.
Os 1.040 pés de cacau plantados na terra do seu Josimar dos Santos garantem trabalho a ele, a mulher e aos filhos. O dinheiro ganho com a atividade serve para o sustento da casa. Depois que começou a atividade ele conta que não foi mais preciso fazer “bicos” para sobreviver.
Outro produtor que viu no cacau uma fonte de renda promissora foi Augusto Levinsky, que chegou  na década de 90, veio do Sul do país atraído pelas terras férteis e baratas do Pará. Começou plantando um alqueire, comprou mais terra e hoje têm 30 mil pés plantados.
OFF: O cacau de Tucumã tem alto teor de manteiga e baixa acidez, peculiaridades que ajudaram na conquista de mercados exigentes. É na cooperativa da cidade que é feito o controle de qualidade do produto.
O Pará é o segundo maior produtor de cacau do país, só perde para a Bahia.
Fonte: G1

Emater faz diagnóstico sobre a situação rural em Canaã dos Carajás

Um diagnóstico rural participativo elaborado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), Prefeitura de Canaã dos Carajás e o sindicato dos trabalhadores rurais local ajuda a identificar as principais dificuldades da produção agrícola no município, que fica no sudeste do Estado. O trabalho também ajuda a encontrar soluções para aprimorar a produção.
O diagnóstico, construído durante três meses, foi feito a partir de visitas nas propriedades rurais, principalmente por conta da redução de produção nas lavouras. Segundo dados da Emater, a implantação de grandes projetos de mineração causaram impactos, sociais, ambientais e produtivos no município.
A expectativa inicial é que de 40% a 50% das áreas de produção agrícola já não existam mais, uma vez que as terras foram negociadas com a mineradora pelos agricultores. A ação gerou problemas com a vegetação nativa e, consequentemente, desmatamento, além de prejuízos ao solo, o que diminuiu a produtividade nas lavouras.
Os levantamentos feitos junto aos agricultores dão conta de que a maior dificuldade enfrentada hoje no campo é a instabilidade das famílias, por conta dos projetos de mineração. Algumas famílias já têm pelo menos 50 anos nas propriedades. Entre as propostas da Emater está um seminário com órgãos governamentais e demais parceiros, para apresentar propostas que ajudem a mudar a situação rural do município.
“Aqui já fomos o maior produtor paraense de feijão carioquinha, por exemplo. Hoje temos de comprar o grão, porque a produção não existe mais”, disse o técnico da Emater Raimundo Conceição. Para o sindicato de trabalhadores rurais, é grande a expectativa de desenvolver atividades que mudem a realidade das famílias, muitas com dificuldades para obter o sustento depois que venderam as terras.
Fonte: Agencia Pará de Noticias

Carajás vai tirar liderança de Minas Gerais

Minas Gerais perderá para Carajás, no Pará, dentro de quatro anos, o posto de maior fornecedor do minério de ferro que mantém a Vale na liderança do ranking mundial de produtores da matéria-prima. A companhia iniciou ontem as obras de terraplenagem e fundações da usina de tratamento de minério desenhada para atender ao megaprojeto S11D, que vai produzir 90 milhões de toneladas por ano na Serra Sul de Carajás. Com outras duas expansões na região – os projetos Adicional 40 e Serra Leste –, o Pará vai sair dos atuais 35% de participação no volume total extraído pela empresa, de 320 milhões de toneladas em 2012, para mais da metade da produção em 2017, informou o diretor de Projetos Ferrosos Norte da Vale, Jamil Sebe.
As reservas de Minas Gerais respondem por cerca de 65% da produção da Vale, percentual que deve recuar a menos de 50% nos próximos anos, derrubando a hegemonia do estado no mapa geográfico da multinacional brasileira. O estado foi o berço da mineradora, criada em 1942 em Itabira, um dos símbolos da tradição de 300 anos da exploração de bens minerais em Minas, capitaneada pelo minério de ferro. Jamil Sebe disse que o avanço de Carajás segue regras básicas de mercado, que conjugam reservas de boa qualidade, volumes expressivos e custo competitivo de produção, fatores para servir de alerta a Minas, como estado minerador, dono de aproximadamente um terço da produção mineral do país.
Diferentemente da fronteira aberta na Amazônia em meados dos anos 1980, o foco da Vale em terras mineiras está em investimentos para manutenção de lavras e no aproveitamento de minério pobre do tipo de itabiritos de baixo teor de ferro. Entre os projetos para expansão da produção, a mineradora tem enfrentado a resistência dos ambientalistas para licenciar o projeto Apolo, na Serra do Gandarela, nos municípios de Caeté e Santa Bárbara, e novas seções de mina em Mariana.
“Para crescer e dar o salto de produção que a companhia espera, não há outra oportunidade como a de Carajás. Só aqui temos minério na qualidade e quantidade para isso”, afirmou Jamil Sebe. A produção de Carajás deverá crescer de 110 milhões para 250 milhões de toneladas anuais, ultrapassando a contribuição das jazidas de Minas, ao redor de 200 milhões de toneladas anuais. O estado tem ainda como desvantagem um processo de mineração adiantado que necessita de aportes em tecnologia, tornando mais caro o processo de produção.
Classificada como reserva de classe mundial, o corpo mineral que consiste no projeto S11 contém 10 bilhões de toneladas em reservas de hematita provadas e recursos que demandam mais estudos com teor de 66,5% de ferro. Em Minas, os teores vão de 40% a 55% de itabiritos. A seção da mina que vai entrar em produção é o chamado corpo D, espalhado sobre nove quilômetros de extensão, um colchão de 4,2 bilhões de toneladas, a profundidade de até 250 metros, permitindo vida útil de 40 anos à jazida.
Concorrente de peso
Trata-se, segundo o diretor de projetos da Vale, do maior empreendimento no segmento de ferro em implantação no mundo, orçado em US$ 19,7 bilhões (tendo como base o câmbio de RS 2 por dólar) e da maior mina do planeta em capacidade inicial de produção. A reserva está localizada na borda da Floresta Nacional de Carajás, na porção Sul da província mineral, em Canaã dos Carajás. A construtora mineira Andrade Gutierrez deu início, ontem, às obras de terraplenagem do platô onde a usina de tratamento de minério será instalada, com duração prevista de um ano e meio. Outras duas empresas mineiras, Usiminas e Usiminas Mecânica, trabalham na área de montagem eletromecânica.
Fonte: Marta Vieira 

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Trabalhadores voltam a interditar acesso às minas de Carajás, no Pará

Empregados do consórcio de construção civil "Camter Paranasa" interditaram, na manhã desta quinta-feira (25), a portaria de acesso ao núcleo urbano e às minas de Carajás, em Parauapebas, sudeste do estado. Os manifestantes reivindicam melhorias nos salários e nas condições de trabalho.
O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Pesada do Estado (Sintrapav) disse que não foi comunicado oficialmente sobre os protestos.
O consórcio "Camter Paranasa" também foi procurado para comentar o caso, mas ninguém foi encontrado.
Fonte: G1

Federal do Sudeste do Pará ofertará 658 vagas

A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), vai oferecer 658 vagas em 16 cursos em Marabá já neste segundo semestre de 2013. As unidades que já nascem com vagas abertas são resultado de desmembramentos de universidades existentes, como o feito na Universidade Federal do Pará (UFPA) que deu origem à Unifesspa.
A boa notícia vem do Ministério da Educação, que informou ainda que os novos cursos serão implementados de forma gradativa a partir de 2014, junto com a contratação de docentes e técnicos.
Quando for plenamente instalada, a Unifesspa deverá atender 12.830 estudantes nos 47 cursos de graduação e nos cursos de pós-graduação
Neste segundo semestre, três das quatro universidades federais criadas este ano vão oferecer 1.843 vagas. Elas ainda não informaram se irão adotar o Sisu e o Enem.
A Universidade Federal do Cariri (UFCA), que surgiu a partir da Universidade Federal do Ceará, vai oferecer mais de 600 vagas neste segundo semestre: 490 oportunidades em 11 cursos em Juazeiro do Norte, 80 vagas em medicina em Barbalha e 50 em agronomia em Crato. A expectativa é que 16 novos cursos sejam criados gradativamente nos próximos semestres, totalizando 6.490 oportunidades.
A Universidade Federal do Oeste da Bahia foi criada a partir da Universidade Federal da Bahia e vai oferecer 565 vagas neste semestre no campus de Barreiras. O objetivo é que nos próximos anos, a universidade tenha 35 cursos de graduação com até 7.930 estudantes nos cursos de graduação e pós-graduação.
A quarta universidade criada pelo MEC não oferecerá vagas já no segundo semestre de 2013, mas, quando estiver instalada, a Universidade Federal do Sul da Bahia, vai oferecer 36 novos cursos e deverá atender 11.110 estudantes.
Fonte: Diário do Pará

POLÍCIA PRENDE PARTE DA QUADRILHA DO LATROCÍNIO DO EMPRESÁRIO ALTAMIRO SOARES

Está presa parte da quadrilha responsável pelo latrocínio do empresário Altamiro Soares.
Logo após o assassinato do empresário Altamiro Borba Soares, ocorrido na última segunda-feira em Parauapebas, as Polícias Civil e Militar não mediram esforços para tentar elucidar o bárbaro crime.
Na madrugada desta quarta-feira,  sob o comando do Tenente  Coronel Mauro Sergio, o sub-tenente Pamplona, os sargentos Edilson, A Pereira e A. Silva e o delegado Thiago Carneiro conseguiram prender Elton Paulo dos Santos , 21 anos e Rude de Sousa Reis, de 32 anos. Ambos envolvidos do assassinato do empresário.
Após investigações a PM chegou até a residência de Elton às 4 horas desta quarta-feira. Ele, ao ver que a polícia estava em sua porta empreendeu fuga retirando o forro do banheiro da casa e pulando o muro de três casas vizinhas. Ao pular em um quintal o meliante fraturou a perna direita e foi capturado pela polícia militar.
Elton foi levado para a 20ª Seccional de Polícia Civil e, interrogado, confessou participação no crime afirmando que o autor dos disparos contra o empresário foi um comparsa conhecido por Caburé, ainda foragido. Caburé, no momento do assassinato, estava acompanhado de Carlos Bazuca, que pilotava a moto usada para o assalto e teria atirado porque o empresário correu para dentro do banco quando foi-lhe dado voz de assalto, informou Elton, que é foragido da justiça de Goiás por ter assassinado um rapaz após uma briga em um jogo de sinuca. em 2008.
Bazuca foi preso ontem a noite em Marabá em companhia de Ricardo Soares da Silva. Os dois estão sendo recambiados para Parauapebas para serem interrogados.
Fonte : Zedudu

Marabá: Juiz Federal do Trabalho denuncia ter sido ameaçado de morte

Jônatas dos Santos Andrade, Juiz Titular da 2ª Vara Federal do Trabalho em Marabá encaminhou na data de hoje (24) ofício à Excelentíssima Senhora Desembargadora Odete de Almeida Alves, presidente do Egrégio Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região, noticiando ameaças contra a vida de trabalhadores, de advogados e de sua própria. Todos envolvidos nos processos trabalhistas em desfavor do grupo econômico administrado por Décio José Barroso Nunes, conhecido por Delsão.
Juiz há treze anos, dois e meio destes como titular da 2ª Vara Federal do Trabalho da Comarca de Marabá, Jonatas dos Santos Andrade recorreu agora à presidente por considerar que as noticiadas ameaças de Delsão requerem uma atenção especial. Para tanto solicitou, em caráter especial, proteção individual adicional para si, como forma de não sacrificar a segurança dos que com ele caminham, na vida pessoal e profissional, sabedor que é de que não pode ignorar as constantes advertências que vem recebendo desde que está a frente da jurisdição em Marabá.
Jonatas Andrade anexou ao ofício cópia de uma Certidão emitida por Rodrigo Xavier de Mendonça, diretor de secretaria da 2ª Vara do Trabalho de Marabá narrando os fatos de que teve conhecimento. Confira abaixo:

Tal certidão foi encaminhada também à Polícia Federal em Marabá para que a mesma apure o teor das ameaças.
O medo dos magistrados por causa do exercício da profissão vem crescendo, principalmente após a execução da juíza Patrícia Acioli, morta em agosto de 2011, assassinada por policiais militares, no Rio de Janeiro ( três PM’s foram condenados em janeiro deste ano).
Casos como o da juíza  fluminense e agora do juiz de Marabá, e tantos outros Brasil a fora, mostram que a magistratura é uma profissão de risco no Brasil. Dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgados pelo IG no início do ano apontam que 199 juízes no Brasil sofreram algum tipo de ameaça no Brasil desde julho de 2011. Isso significa uma média de uma ameaça a cada três dias em todo o território nacional. As ameaças mais constantes são de morte e contra a família dos juízes brasileiros.
No último mês, uma reunião na sede do Tribunal de Justiça de São Paulo, que contou com a presença de presidentes de tribunais e de associações nacionais e estaduais da magistratura produziu uma nota pública onde afirmam que pelo menos 170 juízes estão sob ameaça de morte atualmente no Brasil. Para o desembargador Henrique Nelson Calandra, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), “o Poder Judiciário é fundamental para a estabilidade do Estado democrático e a ele cabe garantir que não haja violação a direitos do próprio Estado e do cidadão”.
É inconcebível que em pleno século XXI ainda se use de subterfúgios tão baixos como os denunciados pelo magistrado marabaense. Vivemos em um mundo globalizado, informatizado, eletrônico, onde os acontecimentos são noticiados segundos depois de produzidos. Foi-se o tempo que coronéis de fazendas matavam aleatoriamente seus desafetos e as mortes ficavam por isso mesmo.
É preciso que, em primeiro lugar se dê garantias aos magistrados para exercerem as funções para que são pagos, mesmo que isso desagrade os contemporâneos coronéis, bem como lhes seja garantido que poderão seguir com suas vidas sociais e familiares de forma tranquila. Depois, que a justiça apure as denúncias e, se verídicas, puna severamente seus autores.
Vindo a público anunciar as ameaças, o juiz Jonatas Andrade cumpre decisão do colegiado na referida reunião em São Paulo, quando  ficou decidido que os magistrados do país, federais, trabalhistas, militares e estaduais, seriam conclamados “a assumirem diálogo permanente com a sociedade civil e as demais instituições, para o resgate da dignidade da magistratura, um dos pilares da democracia e da própria sociedade”.
Para o desembargador Henrique Nelson Calandra, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), “o Poder Judiciário é fundamental para a estabilidade do Estado democrático e a ele cabe garantir que não haja violação a direitos do próprio Estado e do cidadão”.
É hora de ação. Não se pode permitir que ameaças sérias contra quem tenta cumprir a Lei fiquem sem a devida apuração e punição. Basta!
Fonte: Zedudu

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

CONTINUAM FORAGIDOS OS PRESOS DE CANAÃ DOS CARAJÁS NO SUDESTE DO PARÁ


Os 16 presos que fugiram na madrugada do último sábado (02) da delegacia de Canaã dos Carajás, no sudeste do estado do Pará ainda não foram capturados. De acordo com a polícia, ele serraram um dos vãos da carceragem e escaparam.
O local, que tem capacidade para 11 detentos, estava com 28 presos. Na hora da fuga havia um investigador no local, mas ele não teria percebido a ação.
A polícia continua as buscas, mas, até agora, ninguém foi capturado.

Confira quais serão as bandas que irão animar o carnaval 2013 em Parauapebas.



De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura de Parauapebas, este ano o carnaval será realizado na Avenida Liberdade (ao lado do depósito da Leolar).

Programação do Carnaval 2013 em Parauapebas:

Dia 08 sexta-feira: 
Banda local: Léo bruno e banda
: Banda regional: Banda capital do forró
:Banda nacional: Banda Chicaramba da Bahia

Dia 09 sábado:
Banda local: Bicho potó
Banda local: Sr4°
Banda local: Zumbalada

Dia 10 domingo:
Banda local: Felipe martins e banda
Banda local: Banda fuso horário
Banda regional: Banda Garota Sarada

Dia 11 segunda-feira:
Banda local: Casa Grande e banda
Banda local: Fernando BG
Banda regional: Xeiro Verde

Dia 12 terça-feira:
Banda local:Banda Fuso Horário
Banda local: Banda Malicia do Pará
Banda nacional: Banda Calypso


MP faz recomendação contra nepotismo em Parauapebas, no Pará


O promotor de justiça cível de Parauapebas, no sudeste paraense, Franklin Jones Vieira da Silva expediu no início da semana uma recomendação com uma série de medidas a serem adotadas pelo prefeito do município, presidente da câmara municipal e agentes públicos para evitar e combater o nepotismo no serviço público. A recomendação é também dirigida aos dirigentes de entidades que detenham a atribuição de nomear e exonerar ocupantes de cargo comissionados e funções gratificadas na administração pública direta e indireta.
O Ministério Público Estadual (MPE) recomenda a exoneração, no prazo de 120 dias, dos ocupantes de cargos comissionados ou funções gratificadas que sejam cônjugues, companheiros, ou detenham relação de parentesco consanguíneo em até terceiro grau com o prefeito, vice-prefeito, vereadores, secretários municipais, procurador-geral do município, presidentes ou dirigentes de autarquias, institutos, agências, empresas públicas, sociedades de economia mista e fundações públicas e com os demais ocupantes de cargos de direção, chefia ou assessoramento.
O prefeito e presidente da câmara de vereadores devem exigir que o nomeado para o cargo comissionado ou designado para função gratificada, antes de tomar posse, declare por escrito, caso tenha relação familiar ou parentesco consanguíneo até terceiro grau com prefeito, vice-prefeito, vereador, secretários, procurador- geral entre outros.
A prefeitura e câmara de vereadores têm 10 dias para enviar à promotoria de justiça as cópias dos atos de exoneração e rescisão contratual. O não atendimento à recomendação acarretará medidas legais para implementação da recomendação.(G1)

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

PARAUAPEBAS: Prova da Ufra será no próximo domingo


O próximo domingo (27) é dia de prova para cerca de 15.600 candidatos que disputam as vagas disponibilizadas para o Processo Seletivo 2013 da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra). A prova acontece em Belém e em mais quatro municípios do interior do Pará (Capanema, Capitão-Poço, Paragominas e Parauapebas).
São ofertadas 1.120 vagas, sendo metade delas para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A prova desse domingo é a segunda etapa do Processo Seletivo, já que a universidade considera a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como parte do certame. “O Enem corresponde a 30% do processo, utilizando também a redação”, explica Paulo Sérgio Souto, coordenador executivo do Processo Seletivo 2013.
A prova inicia às 8h e termina às 12h. Serão 60 questões objetivas das disciplinas Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Geografia, História, Química, Física, Biologia e Matemática. Os portões das escolas onde acontecerão as provas abrem às 7h. “Os candidatos devem chegar cedo e levar o cartão de inscrição e um documento de identificação válido. Que mantenham a calma durante o processo, a instituição está de braços abertos para recebê-los”, afirma. A previsão é de que o listão com o nome dos aprovados saia em até três semanas após a realização da prova.
Em Belém, os cursos ofertados são Agronomia, Engenharia Ambiental e de Energias Renováveis, Engenharia de Pesca, Engenharia Florestal, Licenciatura em Computação, Medicina Veterinária, Sistemas de Informação, Zootecnia e Engenharia Cartográfica e de Agrimensura. Este último curso é a novidade deste ano. “Este é o primeiro curso na região Norte”, ressalta o coordenador.
Em Capanema, as vagas são para os cursos de Administração, Agronomia, Biologia e Ciências Contábeis. Em de Paragominas, são ofertadas vagas para os cursos de Agronomia e Engenharia Florestal. Já em Parauapebas, as vagas são para Zootecnia, Engenharia Florestal e Agronomia. Em Capitão-Poço, as vagas são para Agronomia. A Ufra não divulgou qual o curso mais concorrido.

Fonte: (Diário do Pará)

MEC divulga lista de aprovados na primeira chamada do ProUni


O Ministério da Educação disponibilizou na manhã da última quinta-feira (24) o sistema de consulta dos candidatos pré-selecionados no Programa Universidade para Todos (ProUni). Acesse o sistema do Prouni.
Para saber se obteve uma das 162.329 bolsas de estudos em instituições particulares de ensino superior, o estudante deve inserir o número de inscrição e a senha do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) e digitar os caracteres que aparecem na tela.
O prazo para matrícula na instituição de ensino e apresentação dos documentos nas instituições de ensino vai até o dia 31. Estes documentos devem comprovar as informações prestadas na ficha de inscrição, entre eles os comprovantes de rendimentos. Para concorrer à bolsa integral (100% do valor da mensalidade), o candidato deve comprovar renda familiar por pessoa até um salário mínimo e meio (R$ 1.017). Para as bolsas parciais (50% do valor da mensalidade), a renda familiar deve ser até três salários mínimos (R$ 2.034) por pessoa. Veja a lista de documentos necessários

PARAUAPEBAS: Sempror apresenta nova dinâmica de trabalho para zona rural


“O plano está muito bom, coloquem em prática, pois a zona rural de Parauapebas tem um grande potencial, porém, está mal aproveitada”. Esta afirmação do prefeito Valmir Mariano marcou seu discurso na reunião de apresentação da nova dinâmica de trabalho proposta pela Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror), ocorrida no Ceup, nesta quarta-feira (16).
 Com a presença de toda a equipe técnica da secretaria, vereadores e secretários de governo, o encontro proporcionou melhor entendimento das necessidades e potencialidades da zona rural local.
 Iniciando pela apresentação da estrutura fundiária e do perfil do agricultor de Parauapebas, o engenheiro agrônomo Azemar Carlos apresentou as diretrizes da Sempror e a nova proposta de atendimento técnico por regiões de atuação. Além disso, indicou as metas e estratégias para o Plano Safra 2013/2014, os projetos de lavoura e hortas comunitárias e de hortas escolares.
 A médica veterinária Márcia Ferro mostrou o Projeto de Produção Animal que englobará boa parte dos programas trabalhados até então pela Sempror, assim como os novos programas de avicultura e de suinocultura.
Márcia Ferro apresentou também o trabalho realizado pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e reforçou a importância das autoridades locais implantarem um abatedouro municipal, tal como fortalecer o trabalho do SIM para combater a comercialização de carnes impróprias para consumo.
Durante a reunião, o titular da Sempror, Horácio Martins, informou a realização do I Censo Agropecuário de Parauapebas, que tem como objetivo munir a secretaria de informações mais coesas sobre a produção rural local e dessa forma subsidiar as ações que serão realizadas.
Ao encerrar a reunião, o prefeito Valmir Mariano reforçou a importância de cada servidor da secretaria na construção dessa nova história para a zona rural do município.
Fonte: Ascom PMP

Campanha de Vacinação Antirrábica em cães e gatos inicia dia 26, sábado


A Campanha de Vacinação Antirrábica em cães e gatos começa neste sábado (26). Donos de animais de estimação podem levá-los aos postos de vacinação localizados nos bairros da cidade, no período das 8 às 17 horas.
A campanha contempla animais da zona urbana de Parauapebas. Segundo o Setor de Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde, serão disponibilizadas 20.150 doses.

Dicas importantes na hora de vacinar seu animal de estimação
- Lembre-se de levar a carteirinha de vacinação do animal;
- Os animais deverão ser conduzidos aos locais de vacinação por pessoas que tenham condições de mantê-los adequadamente contidos, a fim de evitar acidentes. É necessário utilizar coleira e guia em boas condições, propiciando contenção segura;
- Animais de raça de grande porte, de temperamento mais bravo, deverão, preferencialmente, utilizar focinheira;
- A vacina é grátis;
- Animais a partir de 30 dias de vida devem ser vacinados;
- Animais prenhas devem ser vacinadas;
- A vacina não tem contraindicação.

Fonte: Ascom PMP

PARAUAPEBAS: Secretaria de Habitação realiza coletiva sobre programas habitacionais


A Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) realizou na segunda-feira (21), no auditório do Centro Administrativo, uma coletiva para a imprensa, com as presenças do procurador geral do município, advogado Mário Brasil Monteiro, e das secretárias municipais de Habitação, Maquivalda Barros, e de Assistência Social, Leudicy Leão.
O objetivo do evento foi apresentar os programas habitacionais do município, informar o posicionamento do governo em relação às ocupações irregulares e esclarecer eventuais dúvidas sobre a suspensão do projeto Lote Urbanizado.
Maquivalda Barros iniciou a coletiva falando sobre os projetos habitacionais que hoje estão em andamento no município, como o Residencial Vila Nova, programa do governo federal que se encontra em execução, com 689 casas previstas para serem entregues em outubro de 2013; mais 1.199 casas no Residencial Nova Carajás, também do governo federal, com previsão de entrega para o primeiro semestre de 2014; e ainda o Programa Lote Urbanizado, de iniciativa do governo municipal, que vai distribuir 4.005 lotes para famílias de baixa renda.
No que se refere à posição do governo em relação às ocupações desordenadas, o procurador Mario Monteiro esclareceu que a administração municipal reconhece o déficit habitacional em Parauapebas, mas há um comprometimento em manter os programas habitacionais existentes e investir em novos projetos.
Por outro lado, Monteiro enfatizou que o governo não tolerará invasões que ocorram em áreas públicas destinadas a projetos específicos de retorno social, por entender que essas ocupações prejudicam o desenvolvimento do município.
Com relação à suspensão do programa Lote Urbanizado, a secretária de Habitação apresentou a atual situação do programa e anunciou sua suspensão através da Portaria nº 001/2013, de janeiro de 2013. A medida foi tomada levando em consideração várias divergências encontradas no processo.
Entre as principais divergências, destacam-se:
·    Geração de 4.203 boletos bancários, 198 a mais da quantidade disponível;
·  Visitas “in loco” não foram realizadas em sua totalidade para comprovar o laudo socioeconômico registrado no ato cadastro do beneficiado;
·   49 lotes constam como entregues sem a comprovação de pagamento da taxa obrigatória para recebimento do benefício;
·     245 lotes não foram pagos, o que inviabiliza a prévia distribuição;
·     Não foi efetivado prazo e divulgação para abertura de inscrições;
·   Na hora de efetuar cadastro não foi obedecido totalmente os critérios de entrega de documentação, conforme decreto.
A secretária Maquivalda reforçou que será instaurado procedimento administrativo para averiguação de possíveis irregularidades na seleção dos beneficiários. Aqueles que não se enquadrarem dentro dos critérios terão direito ao reembolso dos valores pagos a título de 1% do valor do imóvel.
Na sequência, foi aberto espaço para as perguntas da imprensa, que teve seus questionamentos esclarecidos pelo procurador e pelas secretárias.
Fonte: Ascom PMP

Parauapebas, no sudeste do Pará, recebe festival de rock


A cidade de Parauapebas, no sudeste paraense, receberá no próximo sábado (26)  a 4ª edição do Festival PebasRock, que acontece no espaço do Centro de Desenvolvimento Cultural (CDC) do município.
O PebasRock 2013 s trará as bandas Jackdevil, Antcorpus, Chemical Beer, Banda 60/70, Teatro de Kimera e 16 Bits estarão presentes no evento. O festival, que nesta edição integra o Circuito Amazônico de Festivais Independentes da rede colaborativa Fora do Eixo, também promoverá o “Papo Reto”, um bate-papo cultural, buscando ampliar as discussões sobre a formação de uma rede de cooperação entre os agentes culturais dos municípios da região de Carajás.
“Desde o ano passado, as articulações entre agentes culturais de municípios como Marabá e Tucuruí estão ocorrendo. A Rota Carajás, formada com o festival Grito Rock, é um exemplo. No Pebasrock queremos intensificar o diálogo entre os produtores musicais no sentido de potencializar nossas ações”, informa Djair Oliveira, vocalista da banda Antcorpus e produtor do evento.
A banda de thrash metal Jackdevil, da capital maranhense, São Luís, e a banda Antcorpus são as atrações principais do festival. Com o álbum "Under the Satan Command", Jackdevil foi considerada a revelação do ano de 2012 pelos usuários de um site especializado. O álbum, uma remixagem do primeiro demo tape, recebeu uma nova masterização.(G1)

Já o show da Antcorpus marca o retorno da banda aos palcos da cidade de origem. Depois do Pebasrock, a banda ainda participará da Rota Carajás do festival GritoRock, e logo em seguida entrará em estúdio para a gravação do novo álbum, que  será  lançado  em todo o país através  do  selo  Xaninho Discos.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

UFPA encerra dia 24 inscrições para processos seletivos especiais

A universidade federal do Pará (UFPA) encerra nesta semana as inscrições para os Processos Seletivos Especiais que visam preencher vagas para os cursos de Ciências Contábeis, no campus de Parauapebas, e de Enfermagem, no campus de Breves, na região do Marajó. Até 24 de janeiro, as inscrições podem ser feitas pelo site do Centro de Processos Seletivos (CEPS) da universidade. A taxa de inscrição é de R$ 50.
De acordo com a universidade, o objetivo dos cursos que estão sendo oferecidos em caráter especial é promover a formação qualificada de profissionais de nível superior para atender as necessidades de seus municípios. Em Parauapebas, no sudeste paraense, o curso de Ciências Contábeis está voltado para o atendimento de necessidades e desenvolvimento local. Já em Breves, busca-se desenvolver a cidade na área da saúde.
As provas serão realizadas no dia 24 fevereiro, no horário das 8h às 12h. Ao todo serão ofertadas 50 vagas para o curso de Ciências Contábeis e 45 vagas para o curso de Enfermagem. O cartão de inscrição dos dois processos estará disponível na página do CEPS a partir do dia 5 de fevereiro.
A estrutura da prova será de 55 questões de conhecimentos gerais das disciplinas de Língua Portuguesa/Leitura, Matemática, História, Geografia, Física, Química, Biologia, Literatura, Sociologia, Filosofia e Língua Estrangeira (Inglês e Espanhol) e uma redação. No dia do concurso, os candidatos devem estar munidos do cartão de inscrição e de um documento com foto.
Educação à distância 
Coordenada pela Assessoria de Educação a Distância, em parceria com o Programa Universidade Aberta do Brasil, do Governo Federal, a modalidade de Educação à Distância também estará presente nos Processos Seletivos Especiais de 2013. Serão ofertadas 900 vagas, distribuídas por 6 cursos em 9 municípios (Polos) do estado do Pará. Do total de vagas, 220 vagas serão disponibilizadas no primeiro semestre e 680 no segundo semestre do ano de 2013. Os editais estão disponíveis no site da UFPA.

Sejudh capacita profissionais para a rede de atendimento à mulher


Na última sexta-feira (18), a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio da Coordenadoria Estadual de Promoção dos Direitos da Mulher (CPDM), iniciou em Belém a capacitação de profissionais e agentes públicos, como parte do projeto “Sensibilização e Capacitação dos Profissionais da Rede de Atendimento à Mulher em Situação de Violência”, que tem a parceria da Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República.
A capacitação, que prossegue até 25 de janeiro, na Escola de Governo do Pará (EGPA), terá a aula inaugural às 15h. A carga horária será de 60 horas, de acordo com as exigências de conteúdo programático elaborado pelo Pacto Nacional de Políticas para Mulheres.
O projeto tem o objetivo de capacitar e sensibilizar os profissionais e agentes públicos que trabalham diariamente com a promoção dos direitos da mulher, para que saibam identificar situações de violência doméstica e orientar as vítimas.
Belém e outros 16 municípios vão sediar a capacitação - Marituba, Ananindeua, Santarém, Itaituba, Parauapebas, Turucuí, Xinguara, Conceição do Araguaia, Breves, Soure, Abaetetuba, Barcarena, Jacundá, Tailândia, Bragança e Capanema.
O Governo do Estado apoia o projeto por entender que o fortalecimento da rede de atendimento passa não apenas pela ampliação dos serviços especializados no combate à violência contra a mulher, mas também pela formação permanente dos agentes públicos, visando assegurar um atendimento de qualidade a mulheres em situação de violência.

PARAUAPEBAS: Mais de dois mil educadores participam do I Encontro Municipal de Educação


“Escutar é um degrau acima do ouvir”. Essa frase marcou uma das brilhantes histórias contadas pelo professor mestre Celso Antunes, durante palestra ministrada para professores da rede pública, no I Encontro Municipal de Educação.

Realizado na última quinta-feira, 17, no ginásio poliesportivo, o evento teve como objetivo apresentar a proposta de gestão do novo governo municipal para a educação e trabalhar questões motivacionais junto aos professores. Para Elisangela Santos Martins, professora da escola Terezinha de Jesus, o encontro foi “surpreendente, tudo muito organizado”. Ela afirma também que “começar um ano letivo assim, motivada, é muito bom, pois uma equipe que trabalha motivada vai além”.
A programação iniciou com música ao vivo e logo após a abertura oficial, alunos da escola Marluce Massariol fizeram uma apresentação cultural. Em seguida, foi composta uma mesa diretiva com autoridades presentes e após os respectivos pronunciamentos o público prestigiou a palestra de Celso Antunes.
Aproveitando a oportunidade dos pronunciamentos, o prefeito Valmir Mariano divulgou oficialmente que a prefeitura entregará, a partir deste ano, uniforme completo para os alunos da rede pública municipal, constituído por camiseta, calça, meia e sapato.
Na avaliação da secretária municipal de educação, Francisca Ciza, os objetivos estabelecidos para o encontro foram alcançados e sua realização foi fundamental para integrar os profissionais da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Texto: Karine Gomes
Fotos: Anderson Souza

Prefeitura de Parauapebas lança Edital de Notificação do IPTU para 2013


A Secretaria Municipal de Fazenda (Sefaz) informa o lançamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) aos proprietários de imóveis do município de Parauapebas.
Os contribuintes deverão receber os carnês de pagamento em até 15 dias antes da data de vencimento da primeira parcela, que será no dia 15 de junho de 2013. O vencimento das duas parcelas seguintes ocorrerá nos dias 15 de julho e agosto do mesmo ano. 
Aqueles que não receberem o boleto até a data informada, terão que se dirigir ao Departamento de Arrecadação Municipal da Sefaz, localizado na Rua F, nº 244, Bairro União no horário de 8h às 14h, de segunda à sexta-feira. Outra alternativa é retirar a 2ª via do documento através do endereço eletrônico HTTP://serviços.parauapebas.pa.gov.br. 
O recolhimento do IPTU poderá ser feito em qualquer um dos bancos autorizados e o contribuinte que efetuar o pagamento do imposto de forma única até 30 de maio, terá 10% de desconto.

Fonte: ASCOM PMP

PARAUAPEBAS: Abertas as inscrições para o Projovem Trabalhador


Com o objetivo de qualificar jovens para o mercado e estimular a geração de oportunidades de trabalho, a Prefeitura de Parauapebas, por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), abre inscrições para o programa Projovem Trabalhador.
Oferecido em parceria com o governo federal, o Programa disponibiliza 250 vagas para cursos profissionalizantes nas áreas de Turismo e Hospitalidade, Alimentação, Construção de Reparo I e II, Serviços Pessoais, Metalmecânico e Serviços Domésticos I. As aulas serão ministradas no período de fevereiro a agosto deste ano.
Os participantes receberão auxílio no valor de R$ 100,00, além de transporte gratuito até a Escola Eunice Moreira, local onde serão ministradas as aulas. As inscrições são gratuitas e vão até o dia 25 de janeiro, no horário comercial, no CRAS do Bairro Betânia, localizado na Rua Bartolomeu, quadra especial.
No ato da inscrição são necessárias cópias da declaração escolar, RG, CPF, Título Eleitoral, Carteira de Trabalho, comprovante de residência atual, certificado de escolaridade, declaração da escola e a carteira reservista para os homens.

CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO

Os interessados devem ter entre 18 e 29 anos, concluído ou cursando o ensino fundamental ou médio e ter renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa. Não pode participar do programa quem estiver fazendo faculdade, participou de qualquer outro Projovem ou quem estiver com a carteira de trabalho assinada.


PROJOVEM TRABALHADOR
O Projeto ProJovem Trabalhador é fruto de uma parceria entre o governo federal e as prefeituras das cidades de diversas regiões do país. A ideia é abrir portas para jovens com grande potencial, interessados em desenvolver suas habilidades profissionais para tentar uma vaga de emprego melhor.

Fonte: ASCOM PMP




PARAUAPEBAS: Inaugurado o Serviço de Atendimento ao Cidadão


Visando atender à população da melhor forma possível, a Prefeitura de Parauapebas, por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), inaugurou na manhã desta segunda-feira, 21,  as instalações do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), antes conhecido por Casa do Cidadão.
Na solenidade de inauguração, o prefeito Valmir Mariano foi empossado no cargo de presidente da 113ª Junta de Serviço Militar (JSM) em Parauapebas, órgão vinculado ao Exército Brasileiro e responsável pelo alistamento de jovens para servir à Pátria.
 Além da emissão de documentos, como carteira de identidade, carteira do trabalho e alistamento na Junta de Serviço Militar, o SAC oferece ainda os serviços de acesso à internet e implantará o Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho, denominado Acessuas Trabalho, que tem por finalidade promover o acesso dos usuários da Assistência Social ao mundo do trabalho. O SAC passa a atender ao público no período das 8 às 14 h, de segunda a sexta-feira e esta localizado frente a Praça da Cidadania no Bairro Rio Verde.

Fonte: ASCOM PMP

PARAUAPEBAS: Semurb aumenta número de fiscais


O secretário municipal de urbanismo, Augusto Neto, se reuniu na última sexta-feira, 18, com representantes da sociedade, autoridades e imprensa para esclarecimentos a respeito do Código de Postura do Município.
Na ocasião, Augusto declarou que a Prefeitura de Parauapebas, através da Secretaria Municipal de Urbanismo (Semurb), pretende cumprir as regras presentes no documento e que o mesmo não sofreu alterações. Também deixou claro que já está sendo feito um levantamento em toda a cidade para identificar as áreas críticas.
O secretário reafirmou a importância da compreensão de todos os cidadãos com o objetivo de tornar o código mais eficiente para benefício de todos. “Já estamos dobrando o número de fiscais na cidade, mas somente com o apoio de toda a sociedade conseguiremos agir de forma mais efetiva”, ressaltou.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Vale quer cercar ferrovias que transportam minério para evitar protestos


Para evitar protestos, a mineradora Vale pretende cercar os 101 quilômetros da ferrovia que irá construir para ligar a Estrada de Ferro de Carajás (EFC) ao projeto de mineração S11D, na Serra Sul de Carajás (PA). A empresa também quer expandir a proposta e cercar outros trechos dos 892 quilômetros, que cortam os estados do Pará e do Maranhão. As manifestações de movimentos sociais – como o MST – e de indígenas nos últimos anos, que paralisam a circulação de trens de transporte de minério, vêm incomodando a Vale. A última foi de indígenas, em outubro de 2012 no Maranhão, e durou cerca de três dias. O ato era contra a Portaria 303 da Advocacia Geral da União (AGU), que restringe direitos dos povos indígenas.
Na ocasião, os manifestantes alegaram que a escolha da Vale para o protesto ocorria por a empresa ser “beneficiária da exploração das riquezas existentes nos territórios indígenas, a exemplo da duplicação da estrada de ferro Carajás”. O projeto S11D, que a empresa pretende preservar cercando os trilhos de acesso, é o maior empreendimento de mineração da Vale. Ele tem 120 Km e 45 jazidas. Segundo os movimentos sociais, o projeto traz impactos sobre a população, prejudica o meio ambiente e irá destruir mais de 1 mil cavernas.
Como divulgou o jornal Valor Econômico, a mineradora pretende construir viadutos sobre os trilhos para garantir a passagem.
Radioagência NP/EcoAgência

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Aeroportos do Pará devem receber investimentos do governo federal


O Governo Federal deve investir mais de R$ 440 milhões em melhorias nos aeroportos do Pará. Dentre os investimento e melhorias previstas pela Infraero na regional Norte estão: a implantação de módulos operacionais em Altamira, a atualização do sistema de segurança e implantação de monitoramento de veículos do aeroporto internacional de Belém.
"Nosso foco é infraestrutura. Vamos focar bem nisso para darmos conforto e segurança ao passageiro", afirma Abibe Ferreira Júnior, superintendente da infraero, que participo de entrevista no programa Bom Dia Pará desta segunda-feira (14).
Os aeroportos da Infraero na regional Norte que serão abrangidos por esse plano são Santarém, Altamira, Marabá e Parauapebas, no Pará. Hoje os voos existentes fazem a rota Paramaribo e Caiena com a Suriname Airways.
O Aeroporto Internacional de Belém é hoje o maior da Regional Norte. Em 2012, houve um crescimento de passageiros de cerca de 12% em relação a 2011, o que significa um montante de 3,3 milhões de pessoas.
Aumentar o números de voos internacionais, com a Copa do Mundo chegando, e a possibilidade de Belém receber alguns times para treinar no mangueirão, só a região Norte deverá receber R$ 1,7 bilhão, sendo R$ 442,1 milhões só para o Pará.(G1)

PARAUAPEBAS: Semed garante que nenhum aluno ficará fora da escola


A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), informa que todos os alunos da rede pública municipal de ensino serão matriculados nas 52 escolas de ensino básico (40 da zona urbana e 12 da zona rural). De acordo com a secretária Francisca Ciza Pinheiro Martins, as matrículas tiveram início no último dia 7 e as aulas começarão no dia 21 deste mês. A estimativa da secretaria é receber 6 mil novos alunos em 2013.
Além disso, a Semed terá este ano 3.051 alunos do ensino fundamental regular e 1.200 da Educação de Jovens e Adultos (EJA) concluindo a 8ª série, aptos a ingressar ao 1º ano do ensino médio, pela rede estadual. Preocupada com a absorção desse público, a Semed já fez pesquisa de disponibilidade de vagas junto à rede estadual e estima que os prédios de ensino médio poderão atender à demanda. Apenas a Escola Marluce Massariol, por exemplo, tem 440 vagas à espera dos concluintes da 8ª.
Mais informações
A rede municipal tem atualmente 46.253 alunos distribuídos no ensino fundamental (de 1ª à 4ª série e de 5ª à 8ª); na educação infantil; na Educação de Jovens e Adultos (EJA); e na educação especial. A taxa de crescimento anual da rede é de 13% – quase o dobro do crescimento populacional de Parauapebas, que é de 7,96%.
Vale destacar que, enquanto 6 mil novos alunos entram na escola, 4,2 mil concluem o ensino fundamental – isso gera saldo anual absoluto de 1.800 estudantes para serem alocados nos prédios municipais. A propósito, a Prefeitura de Parauapebas está construindo seis escolas com vistas a desafogar o sistema educacional. São prédios dotados com infraestrutura de qualidade e com o que há de melhor em termos de educação básica.
Atualmente, a Semed está passando por um processo de reestruturação de ordem administrativa e técnico-pedagógica, no sentido de priorizar habilidades e competências de seus profissionais e ofertar ensino básico de qualidade. A meta é manter os índices de educação alcançados até aqui e trabalhar para elevá-los e atingir os objetivos do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2015, antecipando seis anos, segundo a proposta do Ministério da Educação (MEC).
Ensino superior
Em nível de ensino superior, a Secretaria Municipal de Educação informa que estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Especial (PSE) da Universidade Federal do Pará (UFPA), com a oferta de 110 vagas nos cursos de Ciências Contábeis (50 vagas – regular) e de Ciências Biológicas (60 vagas – modalidade à distância).
De acordo com Francisca Ciza, Parauapebas precisa fortalecer o ensino superior e se consolidar como comunidade acadêmica notável, bem como se tornar um centro de pesquisas na região.
Enquanto no Brasil 9,9% da população possui nível superior completo, 4,2% tem mestrado e 1,62% tem doutorado concluído, em Parauapebas os índices são baixos. Apesar de estar em segundo lugar na região, atrás de Marabá, o município conta com apenas 73 (1,66%) mestres e 28 (0,64%) doutores. Além disso, tem 4.320 pessoas apenas com a graduação – ou seja, só 2,9% da população possui esse nível.
“Precisamos elevar o ensino superior no município. Para isso, buscaremos todas as parcerias necessárias para fazê-lo. Pretendemos ter aqui polos da Ufra [Universidade Federal Rural da Amazônia] e da UFPA [Universidade Federal do Pará], bem como abrir as portas para a Uepa [Universidade do Estado do Pará] e para outras universidades que quiserem tocar o ensino superior no município. Parauapebas precisa qualificar, e bem, seus filhos para o mercado de trabalho”, destaca Francisca Ciza.

Mais de 30 jovens juram à Bandeira e recebem certificado de dispensa de incorporação


Dos 80 alistados que foram convocados para a solenidade, trinta e dois homens dispensados do serviço militar fizeram juramento à Bandeira Nacional e receberam seus respectivos certificados de dispensa de incorporação ao Exército Brasileiro.
A solenidade de juramento e de entrega dos documentos ocorreu na manhã da última sexta-feira (11), na Casa do Cidadão, localizada na Praça da Cidadania, Bairro Rio Verde, com as presenças da secretária municipal de Assistência Social, Leudicy Leão; da coordenadora da Casa do Cidadão, Carmem Carume; da coordenadora da Junta do Serviço Militar em Parauapebas, Benevânia Gomes; do tenente EB Nelson da Silva Espíndola, titular da 5ª Delegacia do Serviço Militar; do tenente EB José Ricardo Gomes, representante da 28ª Circunscrição do Serviço Militar (CSM); além de membros da imprensa e a comunidade.
A titular da Secretaria Municipal de Assistência Social aproveitou para informar que, doravante, a Casa do Cidadão pretende convocar uma vez por mês os jovens alistados para jurar à Bandeira e receber os respectivos documentos de dispensa. Em anos anteriores, esta convocação ocorria uma vez por ano.
Por último, foi chamado à frente o jovem Josênio Vital para receber das mãos do tenente Espíndola o certificado de dispensa de incorporação, enquanto os demais dispensados receberam, em seguida, o documento na Junta do Serviço Militar.
Fonte: ASCOM PMP


PARAUAPEBAS: Abertas as inscrições para a 9ª Corrida de São Sebastião


Homenagem ao padroeiro de Parauapebas, a Corrida de São Sebastião abriu na última quinta-feira (10) a temporada de inscrições para atletas e amantes do esporte.  Os competidores devem procurar a secretaria da Paróquia de São Sebastião, na Praça Mahatma Gandhi, no bairro Cidade Nova. A disputa acontece pelo nono ano consecutivo, com provas masculinas e femininas, reunindo também atletas não profissionais.
A corrida acontecerá a partir das 8 h da manhã do dia 20 de janeiro (domingo), data em que é comemorado o dia do santo padroeiro do município. O percurso para a categoria masculina iniciará em frente ao shopping da cidade, na rodovia PA-275; já a saída do feminino, master e para-atletas será do viaduto.
Os atletas passarão pela PA-275, pelas Ruas E e 10, até a linha de chegada, na Rua D.  Serão percorridos 6,5 km. O evento é realizado pela Paróquia de São Sebastião e conta com o apoio da Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel). As inscrições serão encerradas às 18 h do dia 19 de janeiro.
De acordo com o Padre Hudson, a corrida já se tornou um evento tradicional na cidade. “A cada ano procuramos atender melhor a comunidade neste evento que tem tanta credibilidade no município. Todas as pessoas estão convidadas a participar”, declarou o pároco. 

PREMIAÇÃO

Categoria Principal (competidores de 16 a 39 anos)
Masculino: 1º Lugar: R$ 1.000,00; 2º Lugar: R$ 700,00; e 3º Lugar: R$ 500,00
Feminino: 1° Lugar: R$ 1.000,00; 2° Lugar: R$ 700,00; e 3° Lugar: R$ 500,00
Categoria Master (competidores acima de 40 anos)
Masculino: 1° Lugar: R$ 700,00; 2° Lugar: R$ 500,00; e 3° Lugar: R$ 300,00
Feminino: 1° Lugar: R$ 700,00; 2° Lugar: R$ 500,00; e 3° Lugar: R$ 300,00
Categoria Para-atleta (competidores com necessidades especiais) 
Masculino: 1° Lugar: R$ 700,00; 2° Lugar: R$ 500,00; e 3° Lugar: R$ 300,00
Feminino: 1° Lugar: R$ 700,00; 2° Lugar: R$ 500,00; e 3° Lugar: R$ 300,00
Categoria Atleta local (competidores residentes ou com domicílio eleitoral em Parauapebas)
Masculino: 1° Lugar: R$ 700,00; 2° Lugar: R$ 500,00; e 3° Lugar: R$ 300,00
Feminino: 1° Lugar: R$ 700,00; 2° Lugar: R$ 500,00; e 3° Lugar: R$ 300,00

Prefeito Valmir Mariano e secretariado participam de visita técnica ao complexo ETA


Empenho para solucionar o problema no abastecimento de água em Parauapebas. Esse foi o sentimento comum da equipe de secretários municipais e do Prefeito, Valmir Mariano, durante uma visita realizada nesta quinta-feira, 10, ao complexo de Estação de Tratamento de Água (ETA).
Conduzida pelo gestor do Saaep (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas), Gesmar Costa, a visita percorreu o estoque químico, o almoxarifado e o setor de ferramentaria, além das Estações de Tratamento de Água – ETA I e ETA II.
De acordo com o Prefeito Valmir Mariano, o Saaep e a Secretaria Municipal de Obras (Semob) adotarão todas as medidas necessárias para a execução de um plano de ações emergenciais que prevê, no prazo de 100 dias, amenizar as deficiências no sistema de distribuição de água para a cidade de Parauapebas.
A visita técnica fez parte de uma programação organizada pelo Saaep, que ocorre desde terça-feira, 08, e já contou com a participação de vereadores e da imprensa local.
Autoridades
Estiveram presentes na visita o chefe de gabinete, José Omar Arrais, assessor de comunicação, Jorge Vieira e os secretários municipais de: planejamento, Célio Costa, assistência social, Leudicy Leão, esporte e lazer, Marcel Nogueira, administração, Wady Sobrinho, fazenda, José Rinaldo, produção rural, Horácio Martins,Mulher,Terezinha de Jesus, obras, Dário Veloso e urbanismo, Raimundo Augusto dos Santos.

Fonte: ASCOM PMP

PARAUAPEBAS: Processo Seletivo Especial 2013 da UFPA


A Prefeitura Municipal de Parauapebas comunica que está aberto o Processo Seletivo Especial (PSE) para os cursos de Licenciatura Plena em Biologia e Bacharelado em Ciências Contábeis para a Universidade Federal do Pará (UFPA). 
As inscrições tiveram inicio no dia 11 de janeiro de 2013 e vão até o dia 23 do mesmo mês, exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico http://www.ceps.ufpa.br. O candidato pagará a taxa de inscrição no valor de R$ 50,00. Serão ofertadas 50 vagas para o curso de Ciências Contábeis, na modalidade presencial, e 60 para o de Biologia na modalidade à distância.
Para mais informações consulte o site da UFPA (http://www.portal.ufpa.br) ou entre em contato com o Centro Universitário de Parauapebas (Ceup), localizado na Rua A, Quadra especial, s/n, Cidade Nova, pelo telefone (94) 3346-8191.

Fonte: ASCOM PMP

Sempror realiza primeiro Censo Agropecuário de Parauapebas


Ocorreu nessa quarta-feira, 09, a primeira reunião com os colaboradores da Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror) e seu secretário, Horácio Martins, para definir as metas e estratégias para o Censo Rural de Parauapebas. Com o objetivo de identificar e implementar o potencial agropecuário da região, o censo, primeiro do tipo, deverá visitar mais de duas mil famílias em suas propriedades.
A zona rural foi dividida em cinco regiões: cada uma receberá uma equipe que contará com pelo menos um engenheiro agrônomo, um zootecnista, um médico veterinário e dois técnicos agrônomos. Primeiramente, eles farão o diagnóstico da produção nas próprias comunidades para que a Sempror possa desenvolver ações que atendam o calendário agrícola.
O censo será apresentado ao prefeito Valmir Mariano, aos órgãos e entidades relacionados à produção rural, no próximo dia 16, e deverá ser concluído no prazo de sessenta dias a partir dessa data. “A Sempror quer sair do papel de assistencialista para a condição de assistência técnica dessas comunidades”, afirma Horácio Martins, acrescentando que a Secretaria dará continuidade aos programas existentes, adequando e inserindo novos projetos, tendo como um dos principais objetivos a melhoria na qualidade de vida do homem do campo.

Fonte: ASCOM PMP

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

CONEXÃO RURAL DESTE DOMINGO,06 - ENTREVISTA EXCLUSIVA COM CRISTIANO ARAUJO


O Conexão Rural deste domingo às 9hs da manhã na RBATV-Parauapebas (Band, canal 30) apresenta um Especial com o jovem cantor goiano Cristiano Araújo, que fez show no pátio da FAP em Parauapebas (PA) no dia 29 de dezembro de 2012 para um grande público.
Além de muita música sertaneja e uma entrevista exclusiva com o cantor de 26 anos, que começou  profissionalmente há 17 anos, o programa apresenta também entrevista com adultos e com garotas fãs de Cristiano Araújo. E ainda o depoimento do radialista Demerval Moreno, da Rádio Arara Azul FM de Parauapebas e de professores de música da cidade sobre o surgimento de jovens cantores no mercado sertanejo.

O Conexão Rural conta com imagens de João Batista e Willame Reis, edição de Deicharles Damascena e produção, direção e apresentação do jornalista Lima Rodrigues. O programa está imperdível neste domingo às 9 da manhã na RBATV- Parauapebas, Band, canal 30.

Diário Oficial publica lista de feriados e pontos facultativos em 2013


O Ministério do Planejamento divulgou hoje (4) o calendário de feriados e pontos facultativos de 2013 para os servidores públicos federais. A portaria, publicada no Diário Oficial da União, define que nestas datas deve ser preservado o funcionamento dos serviços essenciais ao cidadão. No total, são nove feriados nacionais – quatro deles em final de semana – e sete pontos facultativos.
A texto informa ainda que os dias de guarda dos credos e das religiões que não estão relacionados na portaria podem ser respeitados e posteriormente compensados, desde que autorizado pelo responsável da unidade de exercício do servidor.
Veja abaixo a lista de feriados e pontos facultativos:
Repórter da Agência Brasil

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Compartilhamento de informações de registros entre cartórios facilitará a emissão de 2ª Via


A partir de agora, as informações de registros vão ser compartilhadas entre os cartórios de todo o país. Para as pessoas comuns, muda para quem vai fazer separação, divórcio, inventário. A integração será entre oito mil cartórios de notas.
Segundo Ubiratan Guimarães, presidente do Conselho Federal do Colégio Notarial, a central que está sendo implementada vai fazer com que haja possibilidade de localizar as escrituras públicas de qualquer natureza, inclusive separação, divórcio e inventário, feitas em qualquer cartório no território brasileiro. “Antes, para se saber, a pessoa interessada deveria procurar cada um dos cartórios do país, o que era impossível. Agora é mais rápido, transparente e claro”, afirma.
A central, que trata de várias outras peculiaridades, terá uma base de dados única administrada pelo Colégio Notarial do Brasil, onde estarão todos os dados. “A Polícia Federal, a Justiça e o Ministério Público podem consultar os atos praticados em todo o território brasileiro quando houver suspeita de fraude, de compra de imóveis com dinheiro lavado ou de corrupção”, explica.
Quando a pessoa for comprar um imóvel, ela fica mais segura também. “Fica mais claro, porque todos os atos com origem criminosa poderão ser pesquisados pela polícia”, ressalta.(G1)

Prolongamento do Túnel da Estrada de Ferro Carajás causa reclamação


Moradores dos bairros Vila Maranhão e Maracanã protestaram, na manhã de ontem (28), contra a prolongação do túnel que liga as duas comunidades. Os populares interditaram por quase uma hora o acesso ao túnel, sob a alegação de que, em decorrência da obra de ampliação da Estrada de Ferro Carajás (EFC), de responsabilidade da empresa Vale, o local, que é estreito e só permite a passagem de um carro por vez, será estendido em mais 10 metros de comprimento, o que dificultará ainda mais o tráfego de pedestres e de veículos.
Segundo uma das coordenadoras do Movimento Comunitário em prol da Duplicação do Túnel Maracanã/Vila Maranhão, Raimunda Ferraz, de 30 anos, há vários meses as duas comunidades tentam negociar o alargamento ou duplicação do túnel com a Vale. Ela disse que, representantes da empresa, informaram não existir previsão para tal serviço no projeto das obras. “Esse túnel é uma válvula de escape, não só para nós moradores como para as empresas instaladas no Distrito Industrial, que necessitam cruzar a Vila Maranhão e o Maracanã. Por aqui, o percurso diminui em até uma hora, mas também nos oferece riscos. Os carros só conseguem passar em sistema de revezamento e nós aproveitamos uma parte do estreito túnel para também transitar. Com o aumento de sua extensão em 10 metros, para frente, ele vai ficar mais comprido e mais perigoso, só queríamos que eles o deixassem mais largo”, explicou.
Os representantes do Movimento Comunitário em prol da Duplicação do Túnel Maracanã/Vila Maranhão disseram que várias pessoas, residentes às margens da linha férrea, estão sendo prejudicadas pela trepidação dos vagões que passam, diariamente, transportando minério, que tem rachado várias casas, além da poeira provocada pelas máquinas que estão raspando o solo. A comunidade explicou que, ontem, o movimento foi apenas de advertência e por isso o túnel foi interditado somente por alguns minutos. Mas, ressaltaram que hoje, 3, às 9h, uma reunião no canteiro de obras, situado em frente ao túnel e, caso nenhuma providência benéfica para a população seja tomada, as manifestações voltarão a acontecer com interdição total da via de acesso por tempo indeterminado. A coordenação do Movimento também entregará um ofício às promotorias do Cidadão e Meio Ambiente, a fim de que intercedam pela comunidade.
O outro lado – Por meio de nota, a Vale esclareceu que a obra em questão, apontada pela comunidade da Vila Maranhão, não está ligada aos projetos de expansão da Estrada de Ferro Carajás (EFC). Trata-se, sim, de uma ampliação das linhas ferroviárias localizadas na área interna da empresa com o objetivo de melhorar suas condições de operação e manutenção. A empresa informou também que vem mantendo reuniões frequentes com a comunidade para tratar do assunto e que está, no momento, avaliando as condições técnicas de engenharia no sentido encontrar uma solução que atenda as necessidades dos moradores.
A Vale informou ainda que entre os anos de 2008 e 2010, realizou ao longo de toda a EFC, incluindo a comunidade da Vila Maranhão, um mapeamento socioeconômico para identificar a presença de famílias e benfeitorias dentro da faixa de domínio da ferrovia. O resultado da pesquisa foi utilizado para definir ações que visam garantir a segurança das pessoas que vivem próximas à ferrovia, bem como da operação ferroviária da Estrada de Ferro Carajás. Entre as ações que foram realizadas estão: fiscalização motorizada 24 horas ao longo de toda a ferrovia, campanhas educativas em escolas e comunidades lindeiras, melhoria e instalação de sinalização de segurança e instalação e melhoria nas passagens de pessoas e veículos.
Fonte: www.jornalpequeno.com.br